A Importância do Check-up Cardiológico

A importância da atividade física para a saúde
A importância da atividade física para a saúde
19 de agosto de 2016
Causas e consequências da Hipertensão Arterial
Causas e consequências da Hipertensão Arterial
7 de fevereiro de 2017
A Importância do Check-up Cardiológico

A chave para a prevenção das doenças cardiológicas é gerir os seus fatores de risco, tais como pressão arterial elevada, colesterol total elevado ou glicemia elevada. Mas como você sabe quais fatores de risco você tem? A melhor maneira de descobrir é através de um check-up cardiológico.

Os estágios iniciais das doenças cardiológicas geralmente não revelam sinais ou sintomas. A doença desenvolve gradualmente e, muitas vezes, em um ritmo lento, resultando em longos períodos de tempo com pouco ou nenhum sintoma perceptível.

O check-up cardiológico do Dr. Arthur Rocha começa com uma consulta médica em que avalia alguns aspectos do paciente, como idade, sintomas, histórico de doenças,exame físico, uso de medicamentos, etc.
Após isso, são solicitados os exames mais apropriados para complementar a avaliação clínica e fazer o diagnóstico precoce de doenças silenciosas. Diagnosticando precocemente, o tratamento fica muito mais fácil e efetivo. Para saber mais sobre o check-up cardiológico do Dr. Arthur Rocha, clique aqui.

 

O que fazer antes do check-up cardiológico

Se você estiver tendo alguns sintomas, é importante anotá-los para a consulta. Os sintomas podem ou não se relacionar com alguma doença cardiológica, mas você deve revelar todas as anormalidades ao seu cardiologista.

Também é importante anotar o histórico médico e medicamentos em uso para que o cardiologista deixe anotado em seu prontuário. Qualquer histórico familiar de doença cardíaca também deve ser relatado e documentado.

Se você tiver alguma dúvida não se esqueça de perguntar. Perguntas sobre testes, preparo para exames, restrições médicas, efeitos colaterais de medicamentos e sinais de uma emergência devem ficar esclarecidas durante o check-up cardiológico.

 

A prevenção é fundamental

À medida que as pessoas envelhecem e os fatores de risco aumentam, os exames cardiológicos são ainda mais recomendados. A prevenção é fundamental para viver uma vida longa e saudável. Como algumas doenças cardíacas se desenvolvem gradualmente, o check-up cardiológico pode ajudar a evitar essa progressão.

A maioria dos exames cardiológicos regulares deve ser feita a partir dos 20 anos de idade. A frequência de acompanhamento dependerá do seu nível de risco e das doenças associadas.
Você provavelmente precisará fazer exames adicionais e mais frequentes se tiver fatores de risco, histórico familiar ou diagnóstico de alguma doença cardiológica.

Se você estiver com algum sintoma ou sinal de doença cardíaca, relate imediatamente ao médico cardiologista. Não espere que os sintomas desapareçam, pois isso pode reduzir a possibilidade de um diagnóstico precoce.

 

Fatores de Risco de Doenças Cardíacas

 

Principais fatores de risco que não podem ser alterados

Idade Avançada: Cerca de 80 por cento das pessoas que morrem de doença cardíaca tem 65 anos ou mais.

Sexo Masculino: Os homens têm um maior risco de infarto agudo do miocárdio (também conhecido como ataque cardíaco) do que as mulheres, e geralmente, em uma idade mais precoce.

Hereditariedade: Pessoas com parentes de primeiro grau com doenças cardíacas têm maior probabilidade de desenvolvê-las.

 

Principais fatores de risco que podem ser modificados, tratados ou controlados

Uso do tabaco: O risco dos fumantes desenvolverem doença cardíaca é 2-4 vezes maior que o dos não fumantes.

Colesterol alto: À medida que o LDL sobe, o mesmo ocorre com o risco de doença cardíaca.

Pressão arterial alta (hipertensão arterial): A pressão arterial elevada aumenta a rigidez das artérias, levando a uma maior carga de trabalho do coração.

Sedentarismo: Um estilo de vida sedentário é um grande e reconhecido fator de risco para doenças cardíacas.

Obesidade e excesso de peso: As pessoas que têm excesso de gordura corporal, especialmente na cintura, são mais propensas a desenvolverem doenças cardíacas e neurológicas, como infarto agudo do miocárdio e acidente vascular cerebral (popularmente conhecido como “derrame”).

Diabetes: O diabetes mellitus aumenta consideravelmente o risco de desenvolver doenças cardíacas.

 

Outros Fatores a Considerar

Estresse: A resposta individual ao estresse pode ser um fator contribuinte.

Álcool: Se você beber, esteja atento ao limite diário de consumo. O consumo excessivo pode aumentar o risco de hipertensão arterial, obesidade, infarto agudo do miocárdio, acidente vascular cerebral e outras doenças.

Dieta e Nutrição: Uma dieta saudável é uma das melhores armas que você tem para prevenir o surgimento de doenças cardíacas.

A Importância do Check-up Cardiológico
4.9 (98.67%) 15 votes